Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Programa de Pós-Graduação em Física Ambiental do Instituto de Física - (UFMT)

Publicado: Quinta, 04 de Dezembro de 2014, 19h54 | Acessos: 1624

 

A Universidade Federal de Mato Grosso foi criada há mais de 35 anos e tem mantido como uma de suas prioridades a geração de conhecimento sobre o Estado de Mato Grosso e sobre os grandes ecossistemas que o compõem, ou seja, o Pantanal, o Cerrado e a Floresta Tropical Úmida. Após esse um quarto de século, constata-se a falta de um dispositivo de capacitação profissional a nível de mestrado e doutorado na área de ciências naturais na instituição. Isso tem feito com que a capacitação no Instituto de Física (IF) tenha se efetivado, ao longo desses anos, sem um delineamento global, ou seja, o docente normalmente tem se capacitado desenvolvendo tese e dissertação com temática escolhida segundo o seu próprio critério.

A maioria dos projetos apresentam como temática o estudo do meio-ambiente. Esse fato se alia a uma certa tradição da Universidade Federal de Mato Grosso nessa área, uma vez que outros programas stricto sensu de outros institutos, como o de "Ecologia e Conservação da Biodiversidade" e o de "Agricultura Tropical" abordam o tema. Contudo, o foco desses programas não está voltado ao estudo dos aspectos físicos do meio-ambiente, nem a sua transformação ao longo do tempo.

 

Conforme é bastante conhecido, no entanto, no Estado de Mato Grosso está havendo uma intervenção humana sobre o meio-ambiente particularmente intensa desde há poucas décadas, caracterizada pela remoção dos ecossistemas originais para dar lugar à agricultura e à pastagem, além da exploração extensiva da madeira nativa. Também é conhecido que a ocupação humana no estado tem ocorrido sem uma política que tenha como base estudos de caráter científico sobre o impacto da ação antrópica sobre os ecossistemas.

Assim sendo, existe a necessidade de se promover ações no sentido de se aprimorar o conhecimento sobre os aspectos físicos (físico-químicos, biofísicos e geofísicos) do meio-ambiente, bem como sobre os impactos que a ocupação não planejada tem exercido sobre os ecossistemas e os correspondentes reflexos sobre a questão das mudanças climáticas globais.Tal conhecimento pode levar não somente a uma melhor compreensão do funcionamento dos ecossistemas, mas também a estabelecer condições para a definição de políticas públicas melhor dimensionadas dentro de uma perspectiva de um aproveitamento mais racional dos recursos naturais da região.

Para mais informações acesse:

 http://www.pgfa.ufmt.br/

 

Contato:

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA AMBIENTAL (MESTRADO & DOUTORADO) 

Universidade Federal de Mato Grosso
Instituto de Física
Av. Fernando Corrêa da Costa, S/N
Cidade Universitária, Bloco PG Física Ambiental,
CEP: 78060-900 - Cuiabá - MT
Fone: (65) 3615-8738, Fax (65) 3615-8738   Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página