Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Criado o maior laboratório para pesquisas sobre mudanças climáticas na Amazônia
Início do conteúdo da página

Criado o maior laboratório para pesquisas sobre mudanças climáticas na Amazônia

  • Publicado: Terça, 03 de Março de 2015, 19h02
  • Última atualização em Quinta, 05 de Março de 2015, 20h02

Por: Paulo Artaxo - Pesquisador LBA

 

O Programa LBA (Programa de Grande Escala da Biosfera e Atmosfera da Amazônia) ​ inaugurou no mês de Janeiro de 2015 a torre ATTO (Amazon Tall Tower Observatory), que consiste na maior torre de observação das mudanças climáticas instalada em áreas tropicais. A torre ATTO está localizada na cidade de São Sebastião do Uatumã, no Amazonas, numa área a 156 km ao norte de Manaus.

Foto: Paulo Artaxo

 

Trata-se, de uma torre de 325 metros e terá instrumentos instalados em diferentes estágios de altitudes capazes de medir a concentração de gases de efeito estufa, além do fluxo dos vapor de água, balanço de radiação, e propriedades físico-químicas de partículas de aerossóis e nuvens. O projeto tem a coordenação do INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), da UEA (Universidade Estadual do Amazonas), e do MPIC (Instituto Max Planck de Química). É financiado em parte pela FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), FAPEAM, Governo do Estado do Amazonas e outras agencias de fomento.
​É importante destacar que este é um laboratório único em áreas tropicais do planeta, e visa entender o papel das mudanças climáticas globais na Amazônia, bem como entender o papel de processos que regulam o funcionamento do ecossistema amazônico no ambiente local, regional e global. Serão estudados em detalhes e por longo prazo o efeito da floresta amazônica na ciclagem de carbono, e quais os processos fisiológicos, climáticos e hidrológicos que controlam a absorção e emissão de gases de efeito estufa na Amazônia.​

registrado em:
Fim do conteúdo da página