Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Programa PDBFF de Auxílio-Pesquisa Thomas Lovejoy
Início do conteúdo da página

Programa PDBFF de Auxílio-Pesquisa Thomas Lovejoy

  • Publicado: Quinta, 23 de Fevereiro de 2017, 13h24
  • Última atualização em Quinta, 23 de Fevereiro de 2017, 13h29

Programa PDBFF de Auxílio-Pesquisa Thomas Lovejoy

 

Oportunidade de auxílio-pesquisa para pós-graduandos no Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais – PDBFF

 

O Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais – PDBFF, uma colaboração entre o INPA e o STRI completou 37 anos em 2016 e é hoje uma referência mundial em estudos das consequências e efeitos causados pela fragmentação florestal sobre a fauna, flora, processos ecológicos e biogeoquímicos. As pesquisas do Grupo de Pesquisa PDBFF e grupos associados são realizadas em um mosaico de florestas maduras de terra firme contínuas, florestas secundárias, antigas pastagens e fragmentos florestais, com resultados relevantes que vêm revelando padrões da dinâmica florestal e da biodiversidade diante da realidade da fragmentação da maior área de floresta tropical do mundo.

O PDBFF também tem longa tradição de apoiar alunos de pós-graduação. Recentemente chegamos a 200 teses e dissertações concluídas, que resultaram em muitas publicações especializadas de alto impacto. Gerações de profissionais participam ou passaram pela experiência de participar do Grupo de Pesquisa PDBFF.

 

Como parte das comemorações de seus 35 anos, o PDBFF lançou o Programa PDBFF de Auxílio-Pesquisa Thomas Lovejoy, em homenagem ao visionário, criador e patrono do PDBFF, Dr. Thomas Lovejoy.  O Programa subsidia parte dos custos gastos com pesquisa para estudantes de pós-graduação que irão desenvolver ou já desenvolvem seus estudos na ARIE PDBFF e que tenham como enfoque principal assuntos ligados à fragmentação florestal e/ou conservação da natureza.

 

Objetivo do Programa: Fornecer auxílio-pesquisa na forma de subsídios financeiros e logísticos para apoiar alunos de pós-graduação na execução de atividades de campo de seus respectivos projetos de dissertação ou tese realizados na ARIE PDBFF.

 

Descrição do Programa e Valor Financiado:

O orçamento de cada proposta individual não deverá ultrapassar o valor máximo de R$ 10.000,00 (dez mil reais). O valor solicitado poderá cobrir as despesas totais ou parciais da pesquisa de campo realizada na ARIE PDBFF. A solicitação poderá ser feita por alunos de mestrado e de doutorado.  As contrapartidas financeiras que garantem a complementação das despesas de campo do projeto, se for o caso, deverão constar na proposta.

 

Este edital prevê apenas apoio ao trabalho de campo realizado na ARIE do PDBFF. Despesas de trabalho de campo em outras áreas não serão cobertas, assim como as análises ou experimentos de laboratório.

 

Não serão feitos repasses financeiros sob nenhuma hipótese. Os alunos contemplados com o auxílio-pesquisa terão um crédito junto ao PDBFF no valor aprovado na proposta, para custear os gastos com diárias de assistentes de pesquisa, alimentação no campo, transporte e pequenas aquisições de material de campo.

 

Caso haja algum saldo remanescente do recurso após o término do trabalho de campo, o montante será reservado para contemplar um futuro beneficiário do Programa PDBFF de Auxílio-Pesquisa Thomas Lovejoy. 

 

Os valores de despesas de campo praticados pelo PDBFF podem ser consultados na tabela em anexo e devem ser usados como referência para a elaboração do orçamento da proposta.

 

Elegibilidade:

Alunos de mestrado ou doutorado (pós-graduandos) brasileiros ou estrangeiros matriculados regularmente em programas de pós-graduação de instituições brasileiras ou estrangeiras e que já estejam aptos a iniciar o trabalho de campo.

 

Os estudos podem ser de natureza amostral ou experimental e devem enfocar questões voltadas às consequências da fragmentação florestal e ou que tratem de aspectos da conservação do bioma amazônico, da flora, fauna ou ainda de algum processo ecológico.

 

O trabalho de campo pode estar em andamento ou ter seu início previsto para o ano em curso.

 

Não serão consideradas propostas de estudo que representem situação potencial de conflito com os objetivos do PDBFF ou que venham a causar distúrbios no sistema de parcelas permanentes, ou ainda, que se sobreponham com estudos em andamento de forma incontornável.

 

Avaliação e condições da proposta:

Todas as propostas recebidas serão avaliadas por um comitê científico composto por cinco pesquisadores. As propostas selecionadas pelo comitê para receber o auxílio deverão receber o aval do Comitê de Manejo do PDBFF.

 

Alunos estrangeiros deverão ter um visto de estudante válido para entrar no país e poder realizar trabalho de campo. O visto é solicitado em uma das representações consulares do Brasil no exterior. Para a solicitação de visto, uma série de documentos deve ser apresentada ao consulado. Maiores informações podem ser obtidas em um segundo momento pelo e-mail do Coordenador Científico do PDBFF, José Luís Camargo: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 Alunos selecionados para o programa devem concordar em atender às seguintes obrigações:

  1. Deverão apresentar relatórios anuais de progresso da pesquisa;
  2. Deverão reconhecer explicitamente o apoio do PDBFF em suas teses e dissertações;
  3. Deverão entregar uma cópia impressa e uma digital da dissertação ou tese após a conclusão do estudo;
  4. Todos os artigos provenientes do estudo deverão ter o número de Série Técnica de artigos do PDBFF nos agradecimentos. Esse número deverá ser solicitado para a direção do PDBFF logo após o artigo ser aceito para publicação. Cada artigo produzido e aceito deverá ser enviado por via digital para o PDBFF para constar do banco de artigos do PDBFF e para ter uma ampla divulgação;  
  5. Os alunos, sempre que possível e quando requisitados deverão auxiliar em atividades de divulgação e/ou extensão de resultados relacionados a seu estudo pelo PDBFF.

 

Como se inscrever:

Os candidatos deverão enviar apenas por via digital os seguintes documentos:

  1. Formulário do PDBFF para apresentação de novas propostas devidamente preenchido (veja formulário em anexo);
  2. O link do CV-Lattes (para brasileiros e estrangeiros que tenham o CV-Lattes) ou um breve CV para estrangeiros;
  3. Uma carta de apresentação;
  4. Uma carta de anuência do orientador, incluindo estar ciente das obrigações do candidato conforme descrito acima.

 

Prazos:

  • Inscrição: Candidatos terão até às 23:59 h (horário de Manaus) de 31 de março de 2017 para enviar a documentação completa. Processos com documentação incompleta não serão considerados.
  • Resultado: O resultado será informado até o dia 07 de abril de 2017.

 

Envio da documentação:

Os documentos devem ser enviados apenas por via digital para o Coordenador Científico do PDBFF José Luís Camargo – O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. com cópia para Manoela Borges - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

No assunto da mensagem deve constar “Proposta auxílio-pesquisa Thomas Lovejoy – Nome do candidato”.

Caso tenha dúvidas sobre o processo seletivo, entre em contato pelo e-mail <O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.>

 

Outras informações - Áreas de Estudo e Acampamentos:

As áreas de estudo do PDBFF estão situadas a 80-100 km ao norte da cidade de Manaus e compõem a Área de Relevante Interesse Ecológico Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais (ARIE PDBFF). A ARIE PDBFF é composta por 23 polígonos, dos quais 11 são fragmentos e 12 estão situados em áreas de floresta contínua. As reservas isoladas estão circundadas por antigas pastagens ou áreas cobertas por florestas secundárias, enquanto que as áreas não isoladas ainda fazem parte de grandes extensões de floresta contínua.

O PDBFF conta com seis acampamentos (alojamentos com geradores, bomba d´água e rádio-comunicação). Os acampamentos são rústicos, mas confortáveis e são formados por módulos (barracões com telhado de zinco, sem paredes e com piso de cimento) divididos entre dormitórios, cozinha e laboratório. Também há toaletes e chuveiros, e para dormir são usadas redes (como a maioria das bases de pesquisa na Amazônia). O acesso às áreas de estudos é feito por veículo tracionado pela BR-174 (asfaltada) e depois por estradas vicinais de terra.

 

O PDBFF conta com profissionais que cuidarão da logística e em algumas situações assistirão nos trabalhos de campo. Há procedimentos próprios para marcar excursões ao campo e planejar o transporte e o envio de alimentação. No tempo devido, futuros contemplados com o auxílio-pesquisa que não conhecem esses procedimentos serão instruídos.

 

Em Manaus, o PDBFF, situado no campus II do INPA (ao lado do campus principal), tem uma sede com algumas salas para estudantes que são apoiados pelo programa. Muitos estudantes locais preferem ficar em salas ou laboratórios próximos dos seus orientadores; outros dividem salas com bolsistas e estudantes de outras instituições quando necessitam fazer atividades acadêmicas fora da área de estudo. O ambiente de trabalho é diverso e a interação entre estudantes e pesquisadores é produtiva.

 

 

 

BDFFP Thomas Lovejoy research fellowship program

 

Opportunity for graduate students at the Biological Dynamics of Forest Fragments Project – BDFFP 


Aim of the Program:

Provide financial and logistical support for graduate students in the execution of fieldwork related to their MSc or PhD thesis at the field units of BDFFP in Manaus (Amazonas, Brazil).

 

Program description and budget:
The fellowship program was created as part of the BDFFP 35th anniversary commemorations, and is named in honor of Dr. Thomas Lovejoy, the visionary founder and long-time patron of the BDFFP. The total budget available for this announcement is US$ 12,500. Individual proposals have a maximum allowance of US$ 2,500. The amount requested may cover part of the expenses of fieldwork at BDFFP field units. The graduate project to which a proposal is related should deal with the effects of Amazonian forest fragmentation and/or nature conservation.

 

Students awarded the fellowship will have a credit with the BDFFP in the amount requested to cover fieldwork expenses. No financial transfers will be made to the fellowship recipient. Unused credit at the end of fieldwork will return to the Program fund.

 

Submission of proposals:

Proposals can be submitted by students enrolled in graduate programs. Candidates must have approved projects about forest fragmentation and/or nature conservation, with all or part of fieldwork in execution or to be initiated at one or more field stations of BDFFP in 2017.

 

The proposal should include the following documents:
1. BDFFP submission form for new proposals (see attached);
2. The candidate’s CV (on the Lattes platform <http://lattes.cnpq.br> for candidates based in Brazil);
3. A cover letter;

  1. A letter from the candidate’s scientific advisor, informing that he/she agrees to the proposal and is aware of the candidate's obligations as described below.

 

The proposal’s budget cannot exceed US$ 3,500 and individual expenditure items are to be presented in detail. Financed items include payment of research assistants, food, housing, transport and small purchases of field materials. The BDFFP has standardized values for several of these items (see table attached), which are to be used as reference for budget calculation.

 

Proposals should be submitted by e-mail only to the Scientific Coordinator of BDFFP, Dr. José Luís Camargo – O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., and to Ms. Manoela Borges – O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Please use the message subject “Proposal for Thomas Lovejoy fellowships – Candidate’s name”.

 

A scientific committee will evaluate proposals.

 

Conditions for fellowship recipients:
Foreign students must have a valid student visa to enter Brazil to be able to conduct field work. The visa is requested at a consular representation of Brazil in the recipient’s country of origin.

 

Students selected for the program must agree to meet the following requirements:

  1. Provide annual research progress reports to BDFFP;
    2. The BDFFP support should be explicitly acknowledged in the recipient’s MSc or PhD thesis;
    3. Printed and digital copies of the thesis are to be sent to BDFFP;
    4. All manuscripts originated from the study should be assigned a number in the BDFFP Technical Series insert it the acknowledgments. This number is to be requested to the scientific coordinator of BDFFP shortly after the article is accepted for publication.
  2. A digital copy of all publications originating from the graduate work should be sent to BDFFP for inclusion in the Project’s digital data bank.
    5. Fellowship recipients will be occasionally required to collaborate in BDFFP promotional and educational activities, taking fieldwork schedules into account at all times.

 

Deadlines:
• Proposals can be submitted until 23:59 h (11:59 PM) (local time in Manaus) of March 31, 2017. Proposals sent after this deadline or with incomplete documentation will not be considered.
• The list of proposals selected to receive the fellowships will be announced on April 7, 2017.

 

Further information:

If you have any question about the selection process, please contact us by e-mail at <O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.>

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página