Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenfrdees
Página inicial > Últimas Notícias > Os Desafios da Ciência na Amazônia e a nova gestão do Programa LBA
Início do conteúdo da página

Os Desafios da Ciência na Amazônia e a nova gestão do Programa LBA

  • Publicado: Sexta, 01 de Novembro de 2019, 14h02
  • Última atualização em Sexta, 01 de Novembro de 2019, 14h08
imagem sem descrição.

Fonte : Gerência de Projetos LBA

A Amazônia está na ordem do dia, em vários aspectos. Precisamos intensificar o entendimento científico dos complexos processos que regulam o funcionamento do ecossistema. Precisamos de ciência sólida em políticas públicas para mudar o rumo do processo desordenado de ocupação que está ocorrendo. O Programa LBA tem trabalhado nos últimos 20 anos nesta direção, e entra agora em nova fase. Entender os feedbacks, o que está acontecendo com o ciclo de carbono e chuva na Amazônia e o avanço da agricultura sobre o ecossistema são chaves para sua sustentabilidade. Nos dias 10 e 11 de outubro de 2019, o Comitê Científico do Programa LBA se reuniu no Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia - INPA, para discutir os desafios da nova gestão do Programa, a aprovação de novos projetos, novos membros do Comitê e programação de reuniões científicas para 2020. Foi eleito o Presidente do Comitê Científico para os próximos 2 anos: o pesquisador Luiz Eduardo Oliveira e Cruz de Aragão (INPE).  

 

Dr. Luiz Aragão é pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Atua como chefe da Divisão de Sensoriamento Remoto e coordena o Grupo de Pesquisa TREES (Tropical Ecosystems and Environmental Sciences group). Publicou vários artigos como primeiro autor nos periódicos Science e Nature. Em 2006 foi agraciado com o premio Merit Award pela Universidade de Oxford, Inglaterra e com a prestigiosa Fellowship do Natural Environment Research Council-UK em 2008. Tem experiência na área de Ecossistemas Tropicais e ciências ambientais, com ênfase em Sensoriamento Remoto, atuando principalmente nos seguintes temas: dinâmica de carbono, mudanças climáticas e ambientais, ecologia de ecossistemas e paisagem, sensoriamento remoto de distúrbios florestais.

 

O LBA iniciou o planejamento de um Workshop com data prevista para março de 2020, a ser realizado em Santarém/PA. Algumas das temáticas científicas abordadas serão: modelagem integradora, biogeoquímica, ciclo do carbono, processos atmosféricos, ciclo hidrológico, socioeconomia e biodiversidade. Os resultados dessa reunião servirão de base para o novo Plano Científico do LBA a ser elaborado pela comunidade para execução nos próximos 5 anos.

registrado em:
Fim do conteúdo da página